Você está se comunicando corretamente?

Há mais ou menos 10 anos, eu surpreendi um grupo de pessoas em um antigo ambiente de trabalho quando disse que o telefone iria acabar e todo mundo se comunicaria somente pela internet. Algumas pessoas arregalaram os olhos, outras ficaram com uma dúvida enorme e me perguntaram: Você está louco? Como assim?

Naquela época, já era perceptível o crescimento das redes sociais e o alcance da internet, justamente pela facilidade de acesso a rede, os planos pré-pagos de celulares entregavam pacotes de dados por um preço bacana e fazia muito mais sentido ter internet em um smartfone do que minutos para falar, que eram muito caros na telefonia móvel.

Além do mais, você tinha wi-fi em todo lugar, disponível gratuitamente, então, os aplicativos de mensagens apareceram e se popularizaram rapidamente. Mas a pergunta que eu faço é: as pessoas estão preparadas para usar cada uma dessas ferramentas de forma inteligente para que, de fato, possam se comunicar corretamente com familiares ou com colegas de trabalho?

Hoje estamos percebendo que não, as pessoas não estão sabendo dividir os assuntos pelos meios mais eficientes de comunicação. Eu percebi, nos últimos anos, que todas as ferramentas: e-mails, aplicativos de mensagens e o próprio telefone estão sendo usados equivocadamente  , causando desperdício de tempo e de dinheiro, e ainda pior, colocando em risco a segurança das informações das empresas ou das pessoas que utilizam.

Quando  foi a última vez que você atendeu um telefone fixo para falar com um amigo ou familiar? E para atender ligações de telemarketing ou cobrança de alguém que você nunca viu na vida? Pelas projeções da Anatel, o Brasil terá 38,5 milhões de linhas fixas em 2020, em 2019 já está abaixo de 40 milhões.

Você tem a disposição e utiliza, por exemplo, um scanner para digitalizar um documento, salva-lo em PDF e enviar para alguém que precise urgente resolver um problema? E os grupos no WhatsApp, eles acrescentam realmente algo importante para sua vida?

Essas perguntas são bem fáceis de responder, mas as respostas te deixam confortável com o jeito que está se comunicando com as pessoas? Bom, a seguir irei contextualizando algumas sugestões para a comunicação eficiente , mas primeiramente eu acredito que a organização é a melhor escolha para conseguirmos tudo que precisamos quando a tarefa é se comunicar.

Em geral, as empresas investem muito recurso em tecnologias para justamente facilitar e garantir sigilo das suas informações, mas eu percebo que ainda há muita gente totalmente dependente de aplicativos gratuitos que, muitas vezes, interferem na qualidade da comunicação ou entrega das funções. Mais uma vez, o vilão o WhatsApp é uma ferramenta criada para as pessoas trocarem mensagens rápidas entre familiares e amigos, mas muitas pessoas enviam e recebem material de trabalho por ele, fazendo até reuniões em conversas que arrastam linhas de textos que se perdem em meio a várias mensagens. O Brasil é o país onde o aplicativo é mais utilizado no mundo com mais de 120 milhões de contas ativas segundo relatório do Global Messaging Apps 2019 (https://www.emarketer.com/content/global-messaging-apps-2019#page-charts)

Há aquela famigerada imagem de uma mesa de bar com amigos reunidos, todos de cabeça baixa, com celular nas mãos. O que dizer se recriminamos, mas muitas vezes fazemos o mesmo? O certo é usar todas ferramentas possíveis de comunicação, mas precisamos verificar  e fazer a escolha adequada para cada situação..

Resultado de imagem para amigos na mesa de um bar e o celular

Os celulares ganharam telas maiores e ficaram ainda mais leves e potentes, é um desperdício de recurso as pessoas usarem um aplicativo tão simples como o Whatsapp para tudo. A melhor maneira para se enviar um documento, uma foto ou vídeo, sem comprometer o conteúdo e ter a segurança de que será entregue, é o email, sem dúvidas. É muito mais organizado, você pode ter recursos como confirmação de entrega e de leitura de mensagem. Para envio de  arquivos muito grandes, existem as nuvens pagas ou gratuitas  ferramentas como, o Wetransfer ou  e o Google Drive são exemplos..

Solicitações rápidas, dúvidas, confirmações, compartilhamento de agenda, contatos e outros dados simples, cabem mesmo aos aplicativos de mensagens como o Whatsapp, Skype, Telegram e outros. Para vídeo conferências, inclusive, o mais popular é o Skype mesmo e as empresas que utilizam com frequência, têm uma versão paga com recursos extras como compartilhamento de telas, controle remoto para suporte, reuniões interligadas e etc. Este, as pessoas até estão utilizando muito bem.

Resultado de imagem para sinal de fumaça

Acredito que com a evolução da internet e dos equipamentos (celular, tablets, smartwatch e todas as coisas conectadas) esse é um caminho sem volta e as pessoas precisam aprender a fazer a separação do que vai compartilhar ou como vão se comunicar utilizando essas e outras ferramentas da melhor forma possível. Assim, todos aproveitarão melhor e usufruirão de todas as coisas boas que a tecnologia proporciona hoje e ainda proporcionará no futuro, que vem chegando cada vez mais rápido.

InternetTecnologia da informação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *